Módulo Online Shakespeare

IMG_0161

Esta é sua oportunidade de estudar sobre o mestre da literatura inglesa, William Shakespeare.

Aproveite a oferta de lançamento e adquira o curso por aqui:

Comprar agora

Quer assistir a PALESTRA COMPLETA de introdução a este curso? Então deixe seu email no formulário abaixo:

O curso SHAKESPEARE, O MESTRE DA IMAGINAÇÃO é um mergulho no universo do autor inglês, com a análise de 4 de suas obras menos conhecidas, porém não menos importantes e ricas: Henrique V, Ricardo III, Coriolano e A Tempestade.

O objetivo é levar o aluno a extrair dessas obras as impressões que permitem enriquecer a imaginação e captar o sentido de sua mensagem.

São 4 aulas, com uma média de 40 minutos cada, gravadas das palestras ministradas para a turma presencial. O aluno online, além de assistir os vídeos disponibilizados, pode enviar suas perguntas, a qualquer momento, por meio da área de comentários localizada na página de cada aula, além de, periodicamente, assistir hangouts ao vivo com o professor.

Agenda de disponiblização das aulas:

Palestra (18/01), Aula 01 (04/02), Aula 02 (11/02), Aula 03 (18/02), Aula 04 (25/02)

Apresentação pelo professor Rafael Nogueira:

“Shakespeare: O Mestre da Imaginação

São muitíssimas as análises sobre as obras de Shakespeare feitas desde o século XVII até hoje. Sua biografia é um mistério, assim como o significado profundo de seus textos. Já enxergaram em suas peças uma filosofia de vida unificada, e também já lhe acusaram de falta de unidade de pensamento e de forma em suas narrativas. Muitos o criticaram pelos excessos de cenários e fatos expostos em pouco tempo de peça; muitos louvaram sua preciosa capacidade de escapar dos limites do teatro de seu tempo.

É uma vertente pouco explorada a de aproveitar sua obra para a educação da imaginação, mas é justamente nisso que a obra de Shakespeare é mais fecunda. Como ele não era filósofo, era dramaturgo, não é proveitoso tentar extrair teoria ou doutrina de suas peças. Muito melhor é permitir-se receber as impressões psicológicas imaginativamente. Haverá um aumento no repertório de experiências que, se não foram vividas, foram muito bem imaginadas.

Em pouco tempo de leitura, uma peça shakespeareana sugere dilemas morais, desenha sentimentos, virtudes e pecados, e interpreta momentos cotidianos e históricos, sem deixar de trazer à lume as questões relativas à natureza humana originalmente tratadas pelos gregos: destino, relação “homem, pólis e cosmos” e as tensões entre o ocultamento e o desvelamento da verdade. As reflexões que surgem a partir de suas narrativas conduzem o leitor a incrementar seu aporte cultural, e a investigar sua psique e as dos demais, melhorando a capacidade de observação psicológica do leitor ou espectador.

Esses movimentos aperfeiçoam a inteligência na medida em que essa faculdade intelectual tão rebelde, a de imaginar, vai sendo disciplinada segundo as orientações magistrais de Shakespeare, como um substituto à nossa atitude despreocupada e desregrada diante dela. Quando a imaginação se transforma num suporte da observação, da memória e da razão, sobrevém a verdadeira maturidade. Não a da idade, mas a do espírito.

Com base nos estudos realizados no último mês do Ciclo de Estudos Clássicos, e em despedida do ano em que foram completos 400 da morte de Shakespeare, montei a proposta deste curso para a de explorar brevemente algumas de suas principais obras, em cinco encontros: uma palestra pública, e quatro aulas para os alunos inscritos, com propostas de leituras semanais.

1. Palestra: Shakespeare, o mestre da imaginação — Apresentação do curso e observações históricas, psicológicas, literárias e filosóficas sobre as obras Hamlet, Romeu e Julieta, Otelo, Macbeth e Rei Lear.

2. Henrique V — Análise da obra. Considerações sobre liderança, motivação, paradigmas da masculinidade, modelo de governante e crítica à educação. Diálogo com os alunos-leitores. Serão feitas referências aos filmes e a um artigo publicado no NY Time com o título “Honor Code”.

3. Ricardo III — Análise da obra. Considerações sobre ambição, posições sociais em relação a méritos, malícia, crime e maquiavelismo. Diálogo com os alunos-leitores. Referências cinematográficas e a peças apresentadas no Brasil.

4. Coriolano — Análise da obra. Considerações sobre populismo, liderança anti-populista, tirania e heroísmo trágico. Diálogo com os alunos-leitores. Música “Ouvertüre Coriolan op.62”, de Beethoven. Filme de 2011.

5. A Tempestade — Análise da obra. Considerações sobre a trasição shakeapeareana ao barroco, sobre a interpretação biográfica — como é última peça de Shakespeare, e como termina serena, espiritual e pacífica, então, representaria a aposentadoria do autor como o “asilo do espírito”. Diálogo com os alunos-leitores. Referências ao texto “Ariel”, do filósofo uruguaio José Enrico Rodó, e usou a obra para interpretar problemas latino-americanos”

6 comentários em “Módulo Online Shakespeare

  1. O link para a Aula 02 (11/02) não está ativo. Peço orientação.
    Já assisti a palestra introdutória e a Aula 01 04/02.
    Estou gostando muito. Parabéns e obrigado.

Deixe um comentário