Excitação intelectual

aula-de-argumentacaoQuando termino minhas aulas de Argumentação, dentro de meu curso de Oratória, fico incrivelmente excitado mentalmente. Trabalho, ao mesmo tempo, com cinco, seis até sete alunos tratando cada um de um tema diferente e eu orientando cada um individualmente. Isso, em vez de me cansar, me desperta de forma espetacular. Na verdade, somos preguiçosos e não acreditamos na capacidade que temos. Se nos déssemos chance de explorar mais nossa força cognitiva, confiando um pouco mais na memória, no raciocínio e na intuição, conseguiríamos fazer mais do que ordinariamente fazemos. Há muito tempo exercito meu cérebro em minhas atividades, mas nessas aulas descobri que é possível ir além. Descobri que trabalhar em alto nível intelectual pode ter efeitos fortemente excitantes. A sensação deve ser melhor que o uso de drogas sintéticas, com a vantagem de não deixar aqueles efeitos colaterais de torpor e culpa que acompanha os drogados. Usar o cérebro dessa maneira é demais prazeroso e as pessoas deveriam tentar experimentar mais disso. Talvez descobrissem que o prazer não reside apenas naquelas atividades mais animalescas, onde quase todos buscam sua alegria.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someonePrint this page

2 comentários em “Excitação intelectual

  1. Excelente!
    Expor os estímulos gerados pelo esforço, especialmente o esforço intelectual, ao realizarmos um trabalho produtivo e edificante, atrai novos estímulos e esforços que dão sentido à vida, à grata reflexão a respeito do bem supremo.

  2. Infelizmente, o hábito da passividade nos bloqueia, muitas vezes, nos condicionando a pensar que se o trabalho é difícil, não o poderemos produzir com sucesso. É importante nos desvencilharmos de todo e qualquer pensamento negativo. Para isso é necessário motivarmos o espírito, dando crédito pensamentos mais saudáveis, sem contudo negar a atividade.

Deixe um comentário